sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Cenas Culturalmente Cultas I




Era vez uma mulher que não podia ter filhos,
então fez amor com o cunhado para ter sobrinhos.



P: Porque foi este ano atribuído o Prémio
Nobel da Arquitectura à Mónica Lewinsky?
R: Porque foi a única pessoa no mundo
que conseguiu fazer um «bico» na Sala Oval...



P: Dois iogurtes vão a passar na passadeira, e
são atropelados. Um morre outro não. Porquê?!!
R: Porque um era longa vida!!!!



Porque é que os alentejanos
não apanham a sida ?
Porque não levantam o cu para nada.



P: Porque é que as loiras têm + 1%
de inteligência do que as vacas?
R: Para não fazerem moo...
quando lhes apertam as tetas.


Era uma vez uma senhora tão gorda
tão gorda que quando subia para a
balança ela dizia: to be continued...



P: O que é que é mais giro
do que agrafar um bebé à parede?
R: Arrancá-lo!



P: Porque é que os gatos miam para os
astros e os astros não miam para os gatos?
R: Porque astro_no_mia.



P: Sabem qual é o cúmulo do egoísmo?
R: É saber uma boa anedota e não a contar!




Para desgraça de alguns, eu cá gosto de as partilhar!

Um comentário:

marta disse...

Eu ri-me na do bébé. Imagina a desgraça.